Tenshin Shoden Katori Shinto Ryu

A tradição guerreira do Katori Jinguu

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte

Treino - 23 Agosto 2015

"Hacer las cosas de manera correcta o directamente no hacerlas, es asi en la vida. Con la espada es lo mismo. Si se hace una defensa débil el adversario conseguirá matarlo y si hace un ataque también débil el adversario conseguirá eludirlo. Hacer las cosas de forma correcta hace la diferencia".
Osella (Unidade Buenos Aires)

 

Treino - 21 Julho 2015


"Para mim foi uma experiência espantosa constatar na prática a dinâmica de um estilo de 700 anos. Um estilo criado em tempos de guerra, cujo objetivo é  trespassar a armadura inimiga e vencer a batalha"
Takei (Unidade Bahia)

 

Gashuku Pinhal 17 e 18 outubro

Imagens do Gashuku realizado com o Sensei Jorge Kishikawa em Pinhal nos dias 17 e 18 de outubro com alunos do Brasil, Argentina e Chile

Grupal

entrenamiento

marchando

Treno 3

 

 

 

Treino - 21 Julho 2015


"Cada vez que o Sensei passa mais um detalhe, mais uma correção nas técnicas do Katori, sinto aprofundar-me no caminho: a pegada fica mais firme, o passo mais estratégico, o golpe
mais eficaz. No espírito, ecoa a percepção de uma execução mais segura e determinada!"
Côrtes (Unidade Rio de Janeiro)

 

Treino - 09 Julho 2015


"A prática dos Katas é como a atividade de um jardineiro. Cada sequência é como uma flor. No início só vemos a planta superficialmente. À medida em que adentramos em seu universo começamos a perceber suas partes como um organismo mais complexo: raízes, caule, às vezes espinhos. Corretamente cultivado, sempre com a ajuda de um jardineiro mestre, percebemos aflorar o que os botânicos chamam de "pistilo", a flor propriamente dita. E quando pensamos que já sabemos o que é uma flor, descobre-se que há muitas outras partes que sequer sonhávamos que existiam. E só então percebemos que, não apenas cada forma, mas cada execução é uma flor única... Um jardim infinito a ser cultivado por toda a vida, caso contrário fenecerá."

Cadu (Unidade Brasília)